8 de set de 2009

Pamelia Kurstin e seu baixo móvel



Isso é um theremin no registro grave fazendo walking bass, sem truques. Se quiser apenas audio, a música toda, pra ouvir e baixar, link aqui. Trecho da palestra dela no TED, falando sobre theremin e tocando 3 músicas. Se quiser ver a completa, clique aqui.

Pamelia Kurstin é considerada por muitos a maior thereminista viva, que toca diversos estilos. Seu passado como contrabaixista certamente contribuiu muito para que ela se tornasse uma thereminista única:


Nesse outro vídeo, extraído de "L'uomo amplificato" (a theatre work that L'aquila Signorina Terzadecade dedicated to the soviet scientist Lev Sergeyevich Termen), ela alterna tocando o contrabaixo acústico, vertical, que é seu primeiro instrumento, e toca também teremin-baixo, diante de ninguém menos que Robert Moog, pra quem não sabe, o primeiro produtor do instrumento transistorizado a preço popular (sinta um sabor nostálgico de guerra fria):


Nesse outro ela, por tocar com a mão esquerda, teve que virar o Etherwave Pro ao contrário, o que dificultou bastante. Ela começa com um baixo e usa um pedal de loop para tocar o Cânone em Ré do Pachelbel.


Em 1:30 Pamelia começa um solo orgásmico de teremin-baixo:


Outro ainda, onde em 3:33 ela começa mais um solo de baixo acompanhada por si mesma em loop:



Essa virtuosa é bem-humorada e espirituosa. Queria muito que ela viesse ao Brasil algum dia.

***

Parece impossível, mas você também pode tocar baixo móvel no theremin. Thomas Grillo, o thereminista do Mississippi, deixou um vídeo dando dicas sobre baixo-móvel no teremin. Resumindo, sugeriu para a mão do volume articular apenas o indicador sobre o polegar, pinçando rapidamente. E para os solos lentos no registro de baixo, seguem as mesmas dicas que para solos comuns mais agudos, porém com atenção total para a regulagem do instrumento:

Nenhum comentário: